14 de fev de 2014

Otimismo e pessimismo

O otimismo é um atributo de quem tem a espiritualidade ante à materialidade, o espírito ante ao efêmero. Portanto, é um aquisição que fazemos continuadamente. Você se considera uma pessoa otimista?

Sem acreditar é difícil conseguir. O nosso pensamento chama aquilo que atraímos, por isso é imprescindível perseverar com confiança de resolução nas problemáticas que a vida oferece.

O pensamento negativo atrapalha você e/ou para quem você o dirige, pois emite energia, ondas. Tudo é energia, incluindo a atividade mental. Quando estamos sempre pensando no pior, ou seja, sendo pessimistas, nos conectamos com vibrações deste patamar, que, certamente, não nos ajudarão.

Há inúmeros fatores que se pode relacionar com o otimismo e o pessimismo: estresse e bem-estar, saúde e doença, enfim, tudo que interfere na qualidade de vida, uma vez que aquilo que pensamos/atraímos interfere na saúde do corpo e da alma.

Ver somente o lado ruim de tudo, fechando os olhos para qualquer coisa que não seja o problema, faz do espírito um míope. 

Otimismo não é sentar e esperar que as coisas se resolvam, otimismo é enxergar que, por mais conflituoso que esteja o presente ou prometa ser o futuro, você conseguirá resolve-lo, ajeitá-lo para o melhor, pois o fardo jamais é maior do que possamos carregar e enfrentar.

Sem essas características - não raramente por nós negadas - o que não é bom fica terrível e o que é difícil fica impossível.

Confiar fazendo a própria parte é um caminho seguro para o equilíbrio do otimismo que estamos a desenvolver, afastando as ideias negativas e pesadas que atrapalham a vida de quem, por sua exclusiva culpa, as emite.

Não seja uma pessoa negativa. Com o apoio da Filosofia Espírita, o Consolador nos envia as mais salutares e devidas mensagens e explicações para descomplicar os carmas que nos envolvemos. Viva pensando no melhor, que céu o ajudará!



Nenhum comentário:

Postar um comentário