6 de fev de 2015

''Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também'' - O trabalho material e espiritual

Segundo a Doutrina Espírita, podemos entender como trabalho toda a atividade útil. Na questão 676 de O Livro dos Espíritos, Allan Kardec questiona sobre a imposição do trabalho, e assim é respondido:

''  — É uma conseqüência da sua natureza corpórea. E uma expiação e ao mesmo tempo um meio de aperfeiçoar a sua inteligência. Sem o trabalho o homem permaneceria na infância intelectual; eis porque ele deve a sua alimentação, a sua segurança e o seu bem-estar ao seu trabalho e à sua atividade. Ao que é de físico franzino. Deus concebeu a inteligência para o compensar; mas há sempre trabalho.''

O trabalho material é rotina. Acordamos cedo e dormimos tarde em meio a diversas tarefas; além do serviço remunerado, dezenas de outras atividades precisam ser desempenhadas diariamente - desde a limpeza e organização de nossa casa a ir ao supermercado, cozinhar, tomar banho, etc.

Aumentamos nas últimas décadas nossas necessidades materiais. Agora internet é algo tão necessário quanto tomar banho. Relativo? Como tudo.

Consequentemente que temos mais necessidades materiais, e ainda nos deixamos persuadir por muitas superficialidades, não é raro que o trabalho espiritual fique em segundo plano. 

Pensamos tanto em coisas para comprar, contas a pagar, necessidades momentâneas a satisfazer, que em nossa rotina o espiritual fica comprometido. 

Você tem tempo para rezar todos os dias? 

Para estudar assuntos da espiritualidade, você tem tempo?

Para se dedicar de alguma maneira ao próximo, sem receber nada em troca, você tem tempo?

Para desenvolver a sua mediunidade, se é o caso, você tem tempo e disposição?

Os Espíritos não nos pedem uma vida de sacrifícios e martírios. Não nos negam os nossos prazeres, nem nossas ambições materiais.

Pelo contrário. Mas não estamos aqui para imergirmos na matéria. Estamos aqui, encarnados, para nos conhecermos e, portanto, conhecermos o Universo - o Universo de Deus -, e evoluirmos continuadamente.

É desta forma, trabalhando pelo nosso adiantamento e pelo adiantamento das pessoas a nossa volta, caminhando para o sublime sentimento do amor, que transcendemos as ilusões da matéria e afloramos a consciência. 

A água, através do seu ciclo infinito, o vegetal, oferecendo-nos o oxigênio e alimentando a base da pirâmide alimentar, o animal, avançando harmonicamente sua inteligência rudimentar e instintiva, o homem, na longa caminhada de sua ascensão espiritual...

Assim como os Espíritos Superiores e, claro, Deus. Tudo no Universo trabalha. 

Trabalhemos também, por nós e por aqueles a quem podemos ajudar, lembrando que  o serviço material e espiritual, objetivo e subjetivo, completam-se para dar ao homem, em seu atual estado evolutivo, a paz de espírito e a tranquilidade da consciência que possui o dever cumprido.


Nenhum comentário:

Postar um comentário