19 de nov de 2013

Poema ''Senhor, na aflição...''

Senhor, na aflição...

Senhor Jesus, tenho consciência de buscar o progresso,
A caridade ao próximo e a mim mesmo, a paz interior
Mas, sim, sei também das aflições e tentações!
O desequilibrado sempre tentará desequilibrar
E eu, humildemente, reconheço minha fraqueza

Peço, guia sublime, médium de Deus, nosso Pai,
A perseverança em minha fé para não me deixar cair no vale da ignorância
Em todas aflições, Senhor Jesus, não me deixe sozinho
Valha-me de um amigo espiritual
Para suportar aquilo que necessito para o meu adiantamento
Tirando o devido proveito

E, em meio as aflições, Senhor
Que os meus olhos não vejam o desespero
Que minha mente não sirva aos vícios da alma
Nem meu corpo aos vícios da carne
Que minhas forças não sejam empregadas no mal
E que minha consciência, Senhor Jesus, com vosso auxílio
Faça-se como resplandecente fagulha em direção ao despertar
Sem desvios
Mas com tantos obstáculos a Vontade Divina considere necessários!




Nenhum comentário:

Postar um comentário