23 de nov de 2013

A influência da concentração

Para tudo na vida, precisamos de concentração. No emprego, escola, universidade, enfim, qualquer atividade! Entretanto, a nossa mente às vezes se transforma em um turbilhão de pensamentos e não conseguimos ''acalmar'', deixando a atenção fluir para um único alvo. Em vez disso, pensamos em várias coisas ao mesmo tempo. Resultado: perda de eficiência.

A concentração precisa ser treinada. Quem costuma ler, quantas vezes já não se analisou com a atenção desfocada? Três páginas e mal nos damos conta do que passou. Falta de atenção! A mente está em outras coisas. Sem concentração, nada é proveitoso. Então, como treinar?

A concentração pode ser desenvolvida de diversas formas. Pegar um perfume e passar algum tempo apenas o sentindo, é um exercício. Pessoas mais experientes poderão dar outros exemplos. Particularmente, eu procuro apenas forçar manter a atenção no que quero. E, fazendo isso, justamente é como vejo que estou sempre variando os pensamentos. Por isso, passei a dar mais importância a concentração e ao seu desenvolvimento.

Recomendo a análise da concentração diariamente. Observar se você está atento à leitura, estudo etc. Nas casas espíritas, é imprescindível ouvir à exposição doutrinária com atenção, senão não adianta nada. Igualmente vale para orações e o trabalho mediúnico, que mais ainda exigem a concentração.  

Trecho de material disponibilizado pela Sociedade Espírita Fraternidade:

''Segundo Divaldo Pereira Franco, concentração é a arte de fixar a consciência numa ideia, numa imagem que se alonga em nossa área mental.

 A concentração é um ato mental.

 É a convergência de pensamentos para um determinado fim.

 A convergência pressupõe a eliminação de todos os pensamentos que não sejam convenientes aos fins desejados.

 A concentração é um ato intensamente ativo – nós orientamos a nossa mente sobre certo ponto de interesse, com a ideia deliberada para se atingir um determinado fim ou se obter um determinado efeito.

Na concentração é exercitada a vontade. Ao se fazer o recolhimento para o mundo interior, numa atitude de isolamento das coisas exteriores, inicia-se a ligação com o nosso mundo íntimo espiritual.''

Leia na íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário